Seu carrinho

Nosso Whatsapp: (41) 99721-1993

Planos a partir de R$ 15,00

wp header logo 79.png

8 coisas que você pode fazer em celulares Android, mas não no iPhone – TechTudo


Diferente do iPhone (iOS), celulares que rodam Android oferecem mais liberdade para o usuário personalizar a interface do sistema com a sua cara. Esta, entretanto, não é a única diferença entre os softwares para dispositivos móveis: além da customização da tela inicial, cores e mais, os usuários também podem dividir a tela para utilizar dois aplicativos ao mesmo tempo e conseguem criar múltiplos usuários, por exemplo. Donos de smartphones com o sistema do Google ainda têm a possibilidade de mudar os aplicativos padrão do sistema e duplicar apps de forma nativa. Nas linhas a seguir, conheça oito coisas que você pode fazer no Android, mas não no iOS.
➡️ Canal do TechTudo no WhatsApp: acompanhe as principais notícias, tutoriais e reviews
📝 Samsung ou Apple: qual é a melhor fabricante? Participe da discussão no Fórum do TechTudo

1. Ajustar o tipo e tamanho da fonte

Ainda que o iPhone ofereça opção para ajustar o tamanho dos textos, as configurações não são tão aprofundadas. No Android, além de diminuir ou aumentar a fonte, os usuários ainda podem personalizá-las de acordo com a sua vontade.
As possibilidades de ajuste variam de fabricante para fabricante. No caso da Samsung, por exemplo, as configurações dos celulares da marca oferecem tanto algumas opções de fontes nativas como permitem a instalação de estilos diferentes. Em celulares Motorola, o app Moto também oferece a alteração, mas sem a opção para baixar novas fontes.

2. Transferir arquivos para a memória externa

A Apple nunca ofereceu entrada para cartões de memória no iPhone — ao contrário das demais fabricantes, que disponibilizam o suporte na maioria dos seus celulares. Dessa forma, os usuários podem guardar os arquivos tanto na memória externa quanto no armazenamento interno.
Esse benefício é ideal para quem grava muitos vídeos ou prefere armazenar músicas localmente no celular, por exemplo. No entanto, não são todos os celulares que contam com o recurso. Por isso, se a compatibilidade com cartões de memória é um requisito essencial para você, verifique a ficha técnica do smartphone antes de comprá-lo.

3. Dividir a tela

Os celulares Android permitem o uso de mais de um aplicativo ao mesmo tempo por meio da divisão de tela. Ou seja, os usuários conseguem colocar um app ao lado do outro para executá-los simultaneamente. Trata-se de uma função interessante para quem está digitando um e-mail de trabalho e precisa conferir informações de um documento do Word, por exemplo.
O recurso é oferecido de diversas maneiras. A depender da fabricante, os usuários podem até deixar um app em tela cheia e outro em uma janela reduzida, flutuando, similar ao que acontece em tablets Android que contam com telas maiores.

4. Duplicar aplicativos

O mecanismo para duplicar aplicativos é outro recurso exclusivo do Android. Com a ferramenta, os usuários podem instalar duas instâncias do WhatsApp, Telegram e afins no mesmo aparelho, para configurar outras contas dos mensageiros.
Em alguns casos, essa função é oferecida nativamente. É o caso dos celulares Galaxy, que vêm com o Dual Messenger para duplicar os apps de mensagens. Os usuários também conseguem utilizar outras instâncias dos aplicativos ao criar novos usuários, ou por meio de de pastas seguras.
Cabe ressaltar que, no iPhone, é possível utilizar duas contas de WhatsApp no mesmo aparelho. Os usuários, no entanto, precisam utilizar a segunda linha no WhatsApp Business, sem a possibilidade de duplicar a versão convencional do mensageiro.

5. Mudar os apps padrão do sistema

O iOS permite a alteração apenas do aplicativo de e-mail e navegador padrão. O Android, por outro lado, permite que os usuários deem preferência para outros apps em diversas situações. É o caso do assistente digital para buscas, requisições por voz e afins: você pode optar pelo Google Assistente, Bibxy, Amazon Alexa e mais.
Outros softwares podem ser definidos de acordo com a vontade do usuário, como o app de SMS, do identificador de chamadas e spam e até de telefone, para fazer e receber ligações. Os usuários também conseguem definir quais aplicativos serão executados ao abrir links (por exemplo, direcionar diretamente ao YouTube ao tocar no endereço de algum vídeo recebido pelo WhatsApp).

6. Personalizar a tela inicial

O Android oferece uma cartela maior de personalizações da tela inicial. Mesmo com a diferença entre as interfaces das fabricantes, os usuários contam com opções para alterar a disposição dos ícones e podem até definir se os aplicativos serão exibidos diretamente no início ou em um menu.
Caso queira se aprofundar na customização, também é possível instalar outros launchers. Pela Google Play Store, os usuários têm acesso a apps de tela inicial tanto para quem deseja mais integração com serviços da Microsoft, como é o caso do Microsoft Launcher, quanto para quem quer deixar o celular mais personalizado, como o Nova Launcher.

7. Criar múltiplos usuários

Tanto no celular quanto no tablet, o Android oferece a opção de criar diferentes usuários. Similar ao dos computadores, o recurso permite a criação de perfis, para que o uso de uma pessoa não atinja o trabalho da outra, caso o dispositivo seja compartilhado. E o melhor de tudo: a ferramenta é nativa.
Embora os smartphones sejam utilizados por uma única pessoa, o recurso pode ser usado para separar os aplicativos do dia a dia das ferramentas de trabalho, por exemplo. Também é possível criar um perfil de convidados, caso você precise emprestar o dispositivo.

8. Acessar armazenamento interno por USB

O Android também garante mais liberdade para o armazenamento interno. Ao conectar o celular ao computador com um cabo USB, o sistema permite que os usuários visualizem e editem desde arquivos de sistema até fotos, vídeos, músicas e afins, ao contrário do iPhone.
Os usuários ainda podem definir o comportamento do celular nesses momentos. Além de bloquear o compartilhamento de arquivos, é possível limitar o acesso somente a arquivos de imagem, por exemplo.
Com informações de Make Use Of

🎥 Como atualizar seu celular Android e ter a versão mais recente do sistema

Como atualizar seu celular Android e ter a versão mais recente do sistema
Apple divulgou nesta semana novas três medidas de segurança para iMessage, Apple ID e iCloud, que serão implementadas até o final de 2023; confira quais são e saiba por que importam
TechTudo ensina como resetar o aparelho para as configurações de fábrica do celular da Apple; veja como formatar os smartphones iPhone 7 ou iPhone 7 Plus antes de vender
Marcas como Nokia, Samsung e Motorola deram sua contribuição para o mercado de celulares com modelos resistentes
Celular da Apple permite tirar print por meio da combinação de botões físicos do smartphone ou usando ações do próprio sistema, incluindo a assistente virtual Siri.
Samsung deve apresentar nova linha de celulares no primeiro trimestre de 2023. Versão Ultra teria mais recursos do que as edições tradicional e Plus.
Aplicativo oficial FIFA Plus permite que usuários assistam aos jogos da Copa do Mundo 2022 ao vivo e de graça em seus smartphones Android e iPhone
© 1996 – 2023. Todos direitos reservados a Editora Globo S/A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Suporte no Whatsapp
💬 Precisa de ajuda?
Studio Live Code
Olá 👋
Podemos te ajudar?
Studio Live Code Gostaríamos de mostrar notificações sobre as últimas notícias e atualizações.
Não quero
Permitir notificações